Expectativas das Atléticas para 2021

O ano de 2021 já começou repleto de novas expectativas. Vivemos um 2020 inusitado, com desafios que testaram, a cada dia, nossa capacidade de sermos resilientes e inovadores. 

Em meio a isso, criamos muitas expectativas para este ano. A principal e mais aguardada era a de que uma vacina fosse desenvolvida o quanto antes, para que (off: curtíssemos um bom rolê universitário) voltássemos a ter aulas presenciais. 

Nós, do maior portal universitário do Brasil, já estávamos ansiosos para saber como anda a expectativa das atléticas neste ano. Por isso, resolvemos entrevistar 3 atléticas para passar um feedback para vocês!

As atléticas entrevistadas foram: A.A.A.E XV de MarçoFúria, representada por Ewerton Balarez (Presidente); A.A.A.E XV de OutubroCarniceiros representada por Gabriella Claro (Presidente) e A.A.A. Medicina VIII de AbrilMED FAG representada por Leonardo Klein (Presidente).

  1. Como a sua atlética se saiu em 2020?

“Acredito que 2020 tenha sido um ano de adaptação! Nós nunca tínhamos passado por algo parecido, então rodar a atlética de forma remota foi um grande desafio. Depois de passar o período de incerteza, nós focamos os times no que estava ao nosso alcance. E o resultado veio: tivemos boas interações com as nossas lives e ações sociais, além de ótimos resultados com os times de eSports: Vice-campeões no campeonato nacional de CSGO UEB LEAGUE, 3º lugar E-JOIA PG e 5º lugar EP-GAMES.” – Gabriella Claro

“A minha atlética saiu com resultado e saldo positivo diante as atribulações que se iniciaram após a pandemia do covid-19. Dentre as principais conquistas foram o 1º Lugar no EP-Games e diversos pódios em campeonatos online que participamos, além disso tivemos o alavanque das vendas de produtos online. Quanto às dificuldades, tivemos que enfrentar o medo que é viver longe dos atletas e não conseguir ter o contato e comunicação direta com eles para continuarem participando de nossas ações.” – Ewerton Balarez

“Bom, 2020 foi um ano totalmente atípico para todos, mas conseguimos aproveitar para que não fosse um ano perdido, onde conseguimos dar uma atenção especial para todo lado administrativo da nossa agremiação. Além disso, finalmente pudemos entrar no mundo dos eSports com uma maior responsabilidade, onde ainda no 1° semestre organizamos nosso primeiro campeonato, e no semestre seguinte em nossa primeira competição alcançamos o 2° lugar geral do E-MED PR. Outro ponto que vale destaque foi a possibilidade de estarmos retornando aos nossos treinos com todas as medidas de segurança necessárias, o qual foi de extrema importância para saúde física e mental dos nossos associados.” – Leonardo Klein

Como podemos imaginar, a maioria das Atléticas tiveram que se adaptar frente às novas mudanças impostas pela pandemia. Em meio as dificuldades, as Atléticas aproveitaram para investir nos times de eSports, que vem ganhando cada vez mais notoriedade.

2. Em 2020 a sua Atlética conseguiu realizar planejamentos feitos em 2019?

“Infelizmente por causa da pandemia, nós não tiramos do papel metas como o pódio no Engenharíadas Paranaense e o Pentacampeonato no JOIA-PG. Porém, um dos nossos propósitos era unir e trazer mais pessoas para a nossa família e isso nós conseguimos! Talvez 2020 não tenha sido como esperávamos, mas ainda sim foi um ano cheio de conquistas pra quem é XV de Outubro.” – Gabriella Claro

“Em 2020 a minha atlética não conseguiu alcançar e nem bater todas as metas que fizemos lá em 2019, até porque não tivemos nenhum campeonato presencial, o que desmotivou toda a diretoria e delegação.” – Ewerton Balarez

“Nós conseguimos realizar a nossa calourada logo no início do ano, pré pandemia, que foi de extrema importância para sequência do ano. Mas não conseguimos associar o número de alunos planejados, assim como, não foi possível dar sequência às nossas ações sociais e planejamento na área esportiva.” – Leonardo Klein

Com certeza foi difícil passar por um ano em que nada saiu como o planejado. Mesmo assim, 2020 foi essencial para as Atléticas se prepararem para situações inesperadas e aperfeiçoarem a estrutura interna. 

3. Quais foram os principais erros que sua Atlética cometeu durante esse período de pandemia? (pergunta feita para ajudar outras atléticas a não cometerem os mesmos erros) – resposta optativa

“Não vejo como um erro, mas por ter esperança de que tudo voltaria ao “normal”, nós esperamos um pouco para começar as atividades online da atlética. Se soubéssemos em março, que as aulas presenciais só voltariam em 2021, talvez teríamos adiantado as atividades.” – Gabriella Claro

4. Diante das dificuldades do ano passado, como vocês resolveram se organizar para este ano?

“Nós fizemos a troca de gestão em janeiro e já planejamos o que cada diretoria vai fazer no primeiro semestre, que provavelmente vai continuar de forma remota. Nosso foco esse ano é aproximar mais os nossos times, treinar os novos carniceiros que vem por aí, e evoluir a nossa gestão como um todo!” – Gabriella Claro

“Para este ano de 2021 resolvemos fazer o planejamento semestral, baseado nas ações que foram executadas no ano passado. Já que o momento requer mais atenção das redes sociais e dos jogos online, são nesses enfoques que estamos tomando maior cuidado, mesmo sem esquecer dos nossos atletas que jogam os esportes que possuem contato físico.” – Ewerton Balarez

“Não houve alterações significativas em nossa organização para o ano de 2021, se comparada aos outros anos. Prezamos por estarmos preparados para todas as situações, desde um retorno 100% presencial, a continuação das aulas remotas.” – Leonardo Klein

O planejamento estratégico para 2021 é um ponto vital para que as Atléticas comecem a retomar as atividades, quando for possível.

5. Durante esse período, como vocês interagiram com a comunidade acadêmica? Tiveram um feedback positivo?

“Bom, como dizem por aí, quem não é visto não é lembrado hahaha. Então desde o início da pandemia, a XV vem se reinventando para criar conteúdo para a delegação. Disponibilizamos treinos online pra galera praticar exercício físico em casa, investimos em conteúdo para as lives beneficentes, criamos as ligas de eSports da XV e participamos de tantos outros campeonatos. Foi um ano de muito aprendizado para nossa gestão, tanto na parte de organização interna como nessa busca por inovação.” – Gabriella Claro

“Durante esse período pandêmico, nossa principal interação com nossa delegação foi de fato feita através de redes sociais (Instagram, Facebook e WhatsApp). Fizemos lives, publicações, vendas de produtos, campanhas de arrecadação de cunho voluntário e publicações envolvendo nossos atletas a fim de preservar nosso amor, carinho e atenção para com todos eles.” – Ewerton Balarez

“Como comentei anteriormente, nosso campeonato de E-Sports com transmissões de todos os jogos, foi um sucesso tanto no âmbito esportivo quanto em relação aos acadêmicos. O Intermed Online (E-MED) foi um evento onde pudemos sentir aquele espírito de jogos e rivalidade novamente. O que considero mais importante na relação que tivemos com nossos acadêmicos foi a oportunidade de estarmos promovendo nossos treinos em mais de 11 modalidades.” – Leonardo Klein

Um dos grandes desafios das Atléticas nesse período, foi como desenvolver novas maneiras de interagir com a comunidade acadêmica de forma virtual. Nesse aspecto, as Atléticas se saíram extremamente bem, utilizando da criatividade para desenvolver lives, treinos online, campanhas de arrecadação, entre outros.

6. Quais são suas expectativas para o ano de 2021? (tanto no âmbito esportivo, quanto em jogos, festas, etc.)

“A gente não aguenta mais ficar em casa! Hahaha

Quero que tudo isso passe logo para voltarmos a realizar os nossos treinos e famosas cervejadas. Não sei quando as aulas voltam, mas já temos os nossos planos e pode ter certeza de que a XV vem mais forte do que nunca!” – Gabriella Claro

“As expectativas são boas com a vacina, e uma esperança de que as aulas presenciais voltem após o segundo semestre do ano, temos nos mantido firmes e segurando para que a peteca não caia e motivando tanto a diretoria quanto a delegação na certeza de que iremos nos ver em breve. Festas e jogos são assuntos delicados. Se tiver esse ano, vai ser bem difícil reunirmos a delegação 100% como em 2019, mas não podemos perder a fé de que tudo volte à normalidade o quanto antes!” – Ewerton Balarez

“Cada semana que passa requer planejamentos e expectativas novas. Com a situação que enfrentamos, as coisas se alteram com extrema velocidade. Mas espero que possamos seguir nossos treinos, promover nosso campeonato interturmas, e quem sabe estarmos jogando torneios municipais. Sem dúvidas vamos em busca de uma afirmação no cenário dos e-games. A Oito de Abril enxerga todas as dificuldades que enfrentamos, mas se porventura houver jogos no fim do segundo semestre, com toda certeza estaremos preparados. Esperamos que as coisas melhorem! Estamos sedentos pela dor de cabeça de organizar uma festa, ainda mais no aniversário de 10 anos da atlética” – Leonardo Klein

Mesmo tendo passado por situações diferentes, todas as atléticas têm o mesmo objetivo: voltar o quanto antes às atividades para que possamos estimular e desenvolver a prática do esporte dentro das nossas comunidades acadêmicas!

Enquanto isso não acontece, aqui vão algumas dicas rápidas para a sua atlética:

  • Mantenha o contato

Imagem Ilustrativa – Blog SEMrush

Em um momento como esse, é essencial que as atléticas busquem se comunicar com os associados de todas as maneiras possíveis. Use e abuse das redes sociais. Dessa forma, quando tudo voltar ao normal, a diretoria da atlética estará alinhada com os associados, atletas, ritmistas, técnicos etc.

  • Trace metas

Imagem Ilustrativa – Blog SEMrush

É vital que sua Atlética trace metas para 2021, mesmo que todos ainda estejam em isolamento social. São elas que irão fazer com que a galera não desanime, principalmente a diretoria. Com a incerteza da realização dos Jogos Universitários, busque metas das quais sua Atlética nunca teve tempo para concluir (mesmo que sejam simples e fáceis).

Exemplo: organização de documentação pendente; organização de fotos e vídeos; etc. 

  • Busque melhorar

Imagem Ilustrativa – Blog SEMrush

Aliado a interação já citada acima, é muito importante que a Atlética busque sempre melhorar. Mesmo que estejamos em uma rotina mais parada, devemos buscar maneiras de ter um feedback da galera em relação a tudo que foi ou poderia ser feito pela Atlética. Dessa forma, novas ideias estarão sempre presentes, e a Atlética poderá se desenvolver cada vez mais.

 

Mesmo diante de tantas expectativas para um ano próspero, 2021 com certeza está repleto de novos desafios. Cabe agora a todas as Atléticas que continuem firmes e focadas em seu objetivo. Nós sabemos que as (off:cervejadas/jogos) aulas presenciais estão chegando!

CAPA: Imagem Ilustrativa – Blog SEMrush

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *